Anuncie aqui

ORIZONA

Após mais de três meses de intenso trabalho investigativo, Polícia Civil localiza corpo de vítima de feminicídio em Orizona

A Polícia Civil do Estado de Goiás através das equipes de policiais das Delegacias de Polícia de Orizona e Vianópolis / 9a DRP, com uso de recursos de técnica investigativa próprios de polícia judiciária, localizaram na manhã do sábado (06/07), o corpo da jovem Daiara Talyssa Fernandes da Cruz, de 21 anos de idade, vítima de Feminicídio Qualificado e Ocultação de Cadáver, supostamente praticado por seu então companheiro (empresário, de 34 anos, que está preso desde 01.07.24).

08/07/2024 09:31

Após mais de três meses de intenso trabalho investigativo, Polícia Civil localiza corpo de vítima de feminicídio em Orizona
  • (A vítima foi assassinada pelo companheiro, e o corpo foi escondido em uma área rural isolada)

A Polícia Civil do Estado de Goiás através das equipes de policiais das Delegacias de Polícia de Orizona e Vianópolis / 9a DRP, com uso de recursos de técnica investigativa próprios de polícia judiciária, localizaram na manhã do sábado (06/07), o corpo da jovem Daiara Talyssa Fernandes da Cruz, de 21 anos de idade, vítima de Feminicídio Qualificado e Ocultação de Cadáver, supostamente praticado por seu então companheiro (empresário, de 34 anos, que está preso desde 01.07.24).

Após receber informações onde possivelmente poderia ter sido ocultado o corpo da vítima, a qual fora vista pela última vez com o seu então companheiro (o investigado) em 10.03.2024, isso, numa propriedade rural situada há mais de 26 km de Orizona. As equipes da Polícia Civil se dirigiram ao local e, de imediato, constataram a veracidade da informação, pois o suspeito trabalha com desmatamento e barragens utilizando tratores e escavadeiras de grande porte.

materia708-corpo2.webp

Com apoio da Prefeitura de Orizona, iniciaram escavação no local, mas houve a necessidade de buscar uma máquina maior, vez que a “cova” onde o corpo da vítima fora “enterrada”, ficava há cerca de 5 metros da superfície, sendo assim localizado seu corpo, enterrado e enrolado em tecido.

Em seguida, foi o corpo recolhido e encaminhado ao IML para fins de exame cadavérico e identificação. Ressalte-se que a carteira de identidade foi encontrada junto ao corpo e os pertences da vítima foram reconhecidos por seus familiares.

materia708-corpo1.webp

A Polícia Civil irá, a partir de agora, apesar da falta de colaboração do principal suspeito, caminhar para a conclusão da investigação, vez que as provas colhidas apontam para a ocorrência dos crimes de Feminicídio Qualificado e Ocultação de Cadáver, supostamente praticados pelo então companheiro da vítima, quanto à motivação e eventual participação de terceiros nos delitos investigados. (Fonte: portalzapcatalão).

Piracanjuba
Jornal 5 de Junho

Siga-nos

twitteryoutubefacebookinstagram

Av. Sen. Pedro Ludovíco, 180, Galeria JÁ, Centro Sala 08, Bela Vista de Goiás - CEP 75240-000

Copyright © 2023 Jornal 5 de Junho

Desenvolvido por Karytonn DEV